Os comentários deste site são de origem pessoal e não de uma denominação ou igreja específica, respeitamos todas as opiniões e críticas contrárias à linha de pensamento ou raciocínio de interpretação dos assuntos comentados neste blog, porém não publicamos comentários de pessoas que querem cercear a liberdade de expressão no que diz respeito a todos os aspectos da vida, principalmente aspecto politico ou religioso, pelo que também não publicamos comentários heterofóbicos nem homofóbicos, pois Deus nos aponta na sua palavra o caminho certo a seguir e nos mostra o obscuro, dando ao homem a liberdade de escolha.
Assim disse Josué ao povo: "...Porém se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais: se os deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou os deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; Porém eu e minha casa serviremos ao Senhor." (Josué 24. 15).

segunda-feira, 12 de março de 2012

UMA RESPOSTA AOS AMIGOS QUE PENSAM COMO ESTE COMENTARISTA ABAIXO:


  1. Vou comentar sobre o perfil de Abraão:
    Interesseiro, safado e egoísta. Ofereceu sua esposa Sara ao faraó com medo de morrer.
    Abandonou Agar e seu filho Ismael (uma criança) à própria sorte, em pleno deserto. E o "onisciente" Deus ouviu o choro do menino (sic)
    Para ganhar as terras prometidas por Deus, tentou matar seu filho Isaque de modo cruel, agindo com friesa e de forma insensível. Nos dias de hoje seria condenado por tentavia de homicídio qualificado. Deus estava "testando" a sua fé (?)
    Seu sobrinho Ló foi outro mau caráter: Ofereceu suas duas filhas virgens para uma turma de vagabundos, e mais tarde as engravidou.
    Abraço
    ResponderExcluir
  2. Prezado amigo, vejo que és um bom conhecedor das Escrituras, talvez, quem sabe, um desviado
    dos caminhos do senhor. Deus nos deu o livre arbítrio, e você o tem exercido plenamente dando sua opinião quanto ao assunto. Porém não podemos aceitar o que disse sobre o perfil de Abraão, pois estas a julgar um ser humano que foi tal qual nós, no que diz respeito ao cometimento de erros e falhas. Lembra-se do que disse Jesus no Evangelho de Mateus 7. 1 - 5? Se não lembras então leia e faça uma reflexão. Agora se deixastes de crer na palavra de Deus...

    A Bíblia é a inerrante e infalível palavra de Deus, ela foi escrita por homens inspirados por Ele, e esta inspiração faz com que a verdade seja explicitada a tal ponto de não esconder os erros dos homens quaisquer que foram ou tenham sido,e independe também da posição na sociedade a qual viveram, ou seja: se servos de Deus, profetas, reis,discípulos, apóstolos e etc.
    Um defeito que Abraão tinha era o de tentar fazer para Deus o que Ele (Deus)iria fazer, para tentar adiantar as coisas. Um exemplo disso, Deus havia prometido a ele que iria dar-lhe um filho de Sara sua verdadeira esposa ainda na sua velhice, porém ele decidiu junto com sua mulher ter um filho de sua concubina para dar aquele jeitinho que infelizmente nós seres humanos, na nossa fraqueza, sempre tentamos dar na hora dos apertos da vida, por não sabermos esperar. Homens de Deus como Abraão cometeram falhas, mas estas não os desqualificam como grandes servos de Deus que foram. A Bíblia a estes fatos registra para nos provar que, se tivermos fé, também podemos por intermédio de Deus operar milagres extraordinários tal como eles operaram. Podemos dizer como quis dizer Paulo aos Corintios: Deus reserva dentro de cada um de nós seus servos, grandes tesouros, tesouros estes guardados dentro de vasos de barro, ou seja,vasos frágeis ( Leia 2 Corintios 4. 7), para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós.

    Deus por vezes teve que intervir na vida de Abraão para concertar os erros que ele cometeu, coisa que ele por vezes faz também em nossas vidas, e quantas vezes o tem feito por você também meu caro amigo e irmão.
    Quanto ao caso da oferta do sacrifício de Isaque, leia novamente o texto de Gênesis 22, mas, agora, humildemente, faça antes de ler, uma breve oração.
    Quanto ao caso do sobrinho de Abraão, Ló, no que diz respeito ao caso dele haver oferecido aos sodomitas as suas duas filhas, o mesmo se assemelha aos erros cometidos pelo seu tio, ou seja os de tentar fazer para Deus o que Ele(Deus)iria fazer que no caso específico, era o de proteger a personificação de Deus na pessoa dos dois anjos (Teofania). E quanto ao fato do mesmo haver engravidado as suas filhas, segundo a Bíblia elas o embebedaram e o fizeram cometer tal ato insano. (Leia Gênesis 19. 29 - 38).

    Medite nestes versículos:

    "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
    Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
    Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus." (João 3. 16 - 18).

    "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça."(I João 1. 9).

    "Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o Justo.
    Ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo." ( I João 2. 1 - 3).

    Que o Senhor nosso Deus te abençoe,

    Vosso no serviço do Mestre Jesus,

    Pb. Marco Aurélio.

Postar um comentário