Os comentários deste site são de origem pessoal e não de uma denominação ou igreja específica, respeitamos todas as opiniões e críticas contrárias à linha de pensamento ou raciocínio de interpretação dos assuntos comentados neste blog, porém não publicamos comentários de pessoas que querem cercear a liberdade de expressão no que diz respeito a todos os aspectos da vida, principalmente aspecto politico ou religioso, pelo que também não publicamos comentários heterofóbicos nem homofóbicos, pois Deus nos aponta na sua palavra o caminho certo a seguir e nos mostra o obscuro, dando ao homem a liberdade de escolha.
Assim disse Josué ao povo: "...Porém se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais: se os deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou os deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; Porém eu e minha casa serviremos ao Senhor." (Josué 24. 15).

domingo, 8 de janeiro de 2012

INSPIRAÇÃO DIVINA OU MERA EMOÇÃO HUMANA

Ao avaliarmos a mensagem de alguns pregadores de  denominações diferentes, os vemos enaltecer com estranha inspiração a denominação a qual pertencem.  Toda esta eloquência e inspiração é de natureza Divina ou mera emoção humana?
Quando a inspiração os leva a enaltecer e afirmar que a igreja a qual professam é a verdadeira Igreja de Deus, podemos afirmar, sem medo de errar, que esta afirmação é mera inspiração humana e fruto da emoção, comum aos seres humanos ao externarem seus mais profundos sentimentos.
Muitos pregadores embasam esta sua afirmação na falsa ideia de que  em suas igrejas a doutrina  ministrada é a que mais se assemelha a doutrina dos apóstolos, o que constitui um erro gravíssimo de interpretação biblico-doutrinária.
Avaliando o assunto em apreço à luz da Bíblia, entendemos que o termo "igreja" no contexto bíblico o qual foi escrito, ou seja no hebraico, significa "Povo Separado".

...continua...



Postar um comentário