Os comentários deste site são de origem pessoal e não de uma denominação ou igreja específica, respeitamos todas as opiniões e críticas contrárias à linha de pensamento ou raciocínio de interpretação dos assuntos comentados neste blog, porém não publicamos comentários de pessoas que querem cercear a liberdade de expressão no que diz respeito a todos os aspectos da vida, principalmente aspecto politico ou religioso, pelo que também não publicamos comentários heterofóbicos nem homofóbicos, pois Deus nos aponta na sua palavra o caminho certo a seguir e nos mostra o obscuro, dando ao homem a liberdade de escolha.
Assim disse Josué ao povo: "...Porém se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais: se os deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou os deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; Porém eu e minha casa serviremos ao Senhor." (Josué 24. 15).

sexta-feira, 11 de julho de 2008

IGREJAS, EKLESIA, IRMÃOS EM CRISTO OU ADVERSÁRIOS?

Você concorda que igrejas, irmãos em Cristo ou ministérios de uma mesma ou diferentes denominações, ajam como se fossem adversários, e não como co-irmãos em Jesus Cristo, como se fossem empresas do mesmo ramo que disputam entre sí, espaço no mercado como em regime de livre concorrência?
Pois é assim que têm agido muitos lideres e irmãos de certas igrejas ou denominações Cristãs, ou seja, agem como se fossem adversários ou concorrentes!!!
Creio que a maioria das pessoas que responderem esta pergunta dirão que não concordam com esta atitude.
Sabemos que podemos ter diferentes opiniões, interpretações, visões sobre determinados assuntos ou textos Bíblicos, mas estas diferentes concepções não podem assumir ares de competição, e nem nos tornar ferrenhos inimigos.
Para que vocês possam ter uma idéia, numa determinada rua do meu bairro existe 2 Assembléias de Deus numa distância menor que 1ooMts uma da outra.
Talvez você, leitor, também conheça algum caso ou casos semelhantes a estes que mencionei, envolvendo uma mesma denominação ou denominações diferentes, até mesmo mais absurdos.
Ja participei de cultos em que lideres criticavam explicitamente irmãos de outro ministério d'uma mesma denominação da assembléia de Deus, julgando-os como desviados.
Já convidei um obreiro de determinada igreja Assembléia de Deus, que ao pedir a autorização do seu pastor, para vir pregar na igreja que reúno, foi desautorizado pelo mesmo.
Mas existem excessões, nem todos agem desta forma. Exemplo disto foi o que fizeram duas irmãs de nossa igreja, convidaram um pastor da igreja Batista para pregar em nossa congregação, mas antes avisaram ao nosso pastor e testemunharam de sua conduta ilibada, e o mesmo aceitou de pronto, o abençoado irmão pregou e Deus abençoou o nosso culto. É claro que não devemos sair por aí, chamando qualquer um para pregar em nossas igrejas. Porém ao pregador que tem sabedoria em ministrar a palavra de Deus anunciando a Cristo, e não baseando o seu discurso, em interpretações ou tradições meramente humanas, pregando de acordo com a doutrina dos apóstolos, deve estar reservado o privilégio de pregar em nossos templos. A salvação na pessoa de Jesus Cristo e interdenominacional. Não estou falando e nem defendo o ecumenismo, doutrina errônea que é defendida por alguns teólogos, mas falamos da união em Cristo da Eklesia, ou igreja na língua Grega, o qual significa "Povo Separado". Deus arrebatará não um povo separado por suas convicções diversas, ou divididos por denominações, e que disputam os espaços nas ruas de nossos vilarejos, bairros, distritos, cidades ou nações como se fossem adversários inimigos ou concorrentes em arrebanhar as almas perdidas. Mas um povo de fé, especial, zeloso e de boas obras de Tito 2.14, que será separado e escolhido por Deus, de dentro das diversas denominações existentes, e arrebatado ao soar da ultima trombeta, ver 1 Coríntios 15.51,52; 1 Tessalonicenses 4.13-18. As pessoas que fazem parte deste povo são as virgens prudentes de Mateus 25.1-13, ou a esposa do Cordeiro do Apocalipse Capitulo 21, e habitarão na nova Jerusalém.
Postar um comentário