Os comentários deste site são de origem pessoal e não de uma denominação ou igreja específica, respeitamos todas as opiniões e críticas contrárias à linha de pensamento ou raciocínio de interpretação dos assuntos comentados neste blog, porém não publicamos comentários de pessoas que querem cercear a liberdade de expressão no que diz respeito a todos os aspectos da vida, principalmente aspecto politico ou religioso, pelo que também não publicamos comentários heterofóbicos nem homofóbicos, pois Deus nos aponta na sua palavra o caminho certo a seguir e nos mostra o obscuro, dando ao homem a liberdade de escolha.
Assim disse Josué ao povo: "...Porém se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais: se os deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou os deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; Porém eu e minha casa serviremos ao Senhor." (Josué 24. 15).

domingo, 5 de julho de 2015

PROSPERIDADE

A definição de prosperidade, no conceito humano, principalmente por parte de algumas pessoas  do ocidente, significa ter bens materiais em abundancia, casa, carro, dinheiro... 
Nos países subdesenvolvidos ou pobres do mundo que conhecemos, a definição de prosperidade está ligada à refeição básica diária na mesa e a propriedade de nascentes e poços de agua no quintal de casa!!! Por isso não podemos aceitar, em hipótese alguma, que a definição de Deus sobre prosperidade seja a mesma do conceito humano.
Enquanto alguém ora a Deus pedindo um carro, dinheiro, ou uma casa nova, há outro pedindo água e comida.
Portanto deve-se ter cuidado quando se fizerem nas igrejas as tais campanhas da prosperidade, pois a tal prosperidade para uns é dinheiro no bolso, enquanto para outros é comida na mesa,  para ti só você sabe,

E para Deus o que é?

"Então lhes recomendou: tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui."
LUCAS 12. 15.  (ARA).

"Então disse:  Cuidado!  fiquem de sobreaviso contra todo tipo de ganância; a vida de um homem não consiste na quantidade de seus bens."
LUCAS 12. 15. (NVI).

"Duas coisas te pedi; não mas negues, antes que morra;  afasta de mim a vaidade e a palavra mentirosa; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; mantém-me do pão da minha porção de costume; Para que, porventura, estando farto não te negue, e venha a dizer: Quem é o SENHOR? ou que, empobrecendo, não venha a furtar, e tome o nome de Deus em vão."

PROVÉRBIOS 30. 7 - 9.
Postar um comentário